Quem somos?

Dafne Souza, publicitária, e Gabriel Toueg, jornalista. Dois brasileiros que deixam a loucura de São Paulo para trás e que agora são filhos de Futa, de Futaleufú. Que comece a aventura na Patagônia chilena!

Estamos recebendo couchers!

Dafne já morou na Espanha e na Argentina, durante seis anos ao todo. Gabriel viveu durante sete anos em Israel. Agora, depois de se conhecerem em São Paulo e de se casarem em São Sebastião (SP), eles se mudam para o Chile.

Com eles vão quatro malas, quase 80 kg de bagagem (sim, pagamos extra). dois celulares e uma GoPro para as fotos que aparecem aqui no blog, no Facebook e no Instagram dos Hijos de Futa. O resto é história!

Fale com a gente

Como e quando?

Chegar na Patagônia é diferente de chegar em uma capital. Não há voos diretos. Em muitas cidades, como Futaleufú, sequer há aeroportos.

A partir de São Paulo, há basicamente quatro opções para chegar em Futa.

1. A mais fácil/ curta delas é voar para Buenos Aires e, de lá, para Esquel, simpática cidade na província argentina de Chubut. De Esquel pode-se chegar de carro até Futa. Leva mais ou menos duas horas (há uma passagem fronteiriça que fica aberta entre 8h e 20h).

2. Pode-se também viajar por Bariloche. De lá para Futa a estrada é linda, mas leva-se quase cinco horas para chegar. Há voos para Bariloche a partir de São Paulo e de Buenos Aires. O fator fronteira se aplica igualmente aqui – e nesse caso, com a viagem mais demorada, é uma boa sair cedo de Bariloche. Também se pode viajar pelo lado chileno, mas o trajeto, nesse caso, é (bem) mais demorado.

3. Puerto Montt é um destino conhecido e disputado da Patagônia chilena. Há voos para lá a partir de Santiago. De lá, de carro, há duas opções. Uma, pelo Chile, é mais curta (400 km) mas mais demorada (cerca de 14 horas). A outra, pela Argentina, embora mais longa (680 km), leva menos tempo (cerca de 9 horas).

4. Finalmente, há a opção Chile-only! Há voos para Santiago a partir de São Paulo por várias companhias. A capital chilena fica bem longe de Futa (mais de 1,5 mil km). Mas a viagem, embora longa, pode ter paradas em cidades turísticas do Chile. E quem quiser pode “descer” pela Argentina, também.

Nossa opção, ao chegar no Chile, é a 4. Não parece racional mas é: vamos comprar um 4×4 para viver na Patagônia e faremos isso em Santiago. A capital também é o lugar para cuidar de trâmites burocráticos (o Brasil não tem consulados fora de lá) e é destino obrigatório para quem faz turismo no Chile.

Quando? Viajamos em novembro de 2015. É primavera, como em São Paulo e em todo o hemisfério sul. Nessa época, as temperaturas em Futa oscilam bastante (faz bastante frio à noite). Por estranho que possa parecer, em se tratando de Patagônia, o verão, lá, é alta temporada e a cidade oferece o segundo melhor rafting do hemisfério sul, o quinto do mundo.

Onde exatamente estamos?

Por que viemos?
Não é preciso ter uma boa razão para fazer uma viagem. Nós dois já fizemos várias (juntos, apenas para o México e para o Chile) e já moramos fora do Brasil (Daf na Argentina e na Espanha, Gabi em Israel).

Nós fomos, simplesmente. A regra deve ser essa: ir. 

Mas se nos perguntam qual a razão de Chile, de Patagônia, de Futa, de largar o Brasil e principalmente São Paulo, a explicação fica nisso aí: estamos cansados desse país em que o “jeitinho” é o modo de vida e dessa cidade que afasta as pessoas.

É irônico, porque estamos nos mudando para uma cidade pequena, com cerca de 1,8 mil habitantes, isolada, distante 1,5 mil km de Santiago e a pelo menos dois voos e mais quase duas horas de carro de São Paulo, onde estão nossas famílias. Mas não vamos para nos isolar. Queremos construir uma história diferente e acreditamos que isso começa com cada um.

Então é isso. Por que? Porque sim!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s